quarta-feira, 28 de abril de 2010

Peripécias casamentísticas

Casamento no Rio de Janeiro. Mesma família junta por 4 dias. 18 pessoas dividindo a mesma casa. Com dois banheiros e um único chuveiro que prestasse. Colchões espalhados da sala à lavanderia, passando pelo quarto. 5 crianças.

- Paulinha, sabia que a casa que a gente vai morar fica na frente do mar? E da areia?

...

- Tem sal na água do maaaaar!!!
- Tem, Joninhas? E quem colocou?
- Foi Deus, ué!

...

Voltando do Galeão, vemos uma igrejinha (que depois um moço nos disse que era a Igreja da Sé) ao longe, num morro.
- Olha! Que lindo! Um castelinho...

...

- Paulinha, a Bahia fica no Rio de Janeiro?
- Não, Bi, a Bahia é um estado, como o Rio de Janeiro. Fica loooonge daqui.
- Então por que aqui tem a Escola Bahiense?

Crianças! =)

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Da minha solidão

Triste chegar e não ter ninguém à sua espera. Não ter ninguém a quem possa ligar e pedir para que vá ao seu encontro. Não ser buscada. Triste partir e não ganhar um aceno e aquele desejo de boa viagem com os olhos cheios d'água. Não ter um abraço reconfortante depois de uma viagem exaustiva. É, triste não ouvir um 'senti a sua falta'. Triste realidade.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

A festa é sua, mas eu comemoro junto



Hoje, maninha, você fica mais velha. Preciso te dizer que isso me deixa muito contente. E me deixa mais contente ainda poder te ligar. Você é tão importante na minha vida que não consigo deixar de sentir minha a sua festa. Porque, se você não estivesse aqui para que eu comemorasse contigo, mesmo assim, à distância, meu mundo seria mais triste. Minha vida, sem você, Mayinha, não tem o menor sentido.
É você que me faz ter coragem, que me faz pensar mais. Que me mostra as coisas de ângulos diferentes, que me tira do sério, que me arrasta pra montanha russa.
É com você que tardes à toa, seja em casa, seja perambulando que nem duas tontas no centro ou morrendo no calor de Ciudad del Este, são mais divertidas. E é a sua falta que mais dói, sempre.
Porque você é mais que metade de mim, Mayinha. É meu começo, meu meio e meu fim.
Te amo. Parabéns, trem!

ps. A música é bobinha, é breguinha, mas é fofa. E me lembra de você, sempre.

video

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Click

No início das eleições, com duas chapas concorrentes. Alguém da imprensa, ao ver os presidenciáveis posando juntos para uma foto, corre para dar o seu clique.
- Isso, deixa eu tirar uma foto de vocês rindo enquanto os dois ainda podem rir...
Humor... ácido?! (Adoro!)