quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Cachorro de apartamento


Outro dia me disseram que eu parecia menina de apartamento. Não entendi nada. Daí a pessoa me disse que o meu jeito de falar parece, mas que eu não (fiquei feliz depois que ele me explicou o que era). Menina de apartamento é aquela mimadinha, filhinha de papai. Mas, em partes, eu concordo com meu colega. Sempre me considerei bicho da cidade. Não gosto de mato, não diferencio uma araucária de uma roseira (brincadeira, claro!) e descobri o quanto é gostoso correr atrás de patos aos 21, quando meu afilhado ia nascer e fui visitar sua mãe, que morava com os pais na zona rural. E se tudo isso me torna uma menina de apartamento, aí sim, sou. Meu cachorro também.
O Pingo completa sete meses agora, dia 10. O peguei com dois. Na casa do meu tio ele tinha um pátio enorme para brincar, com grama e companhia. Aqui não. Moro numa quitinete. Dois quartos, sala, banheiro e cozinha. Só. E ele passa o dia inteiro ali. Exceto nos quartos, que deixamos fechados.
Há pouco tempo comecei a levá-lo para passear. Sempre que possível, duas vezes por dia. Estamos prolongando nossas caminhadas, mas ele quase morre, tadinho. E, no último domingo, fomos até a casa da Ana, a uma distância de cerca de 6 quadras da minha. Às dez da manhã, sol escaldante. Tínhamos combinado de reunir o pessoal para lavar os carros. O da Ana e o do Dárcio. Lavamos na rua, mesmo. E deixei o Pingo solto, porque ele não foge quando estamos perto.
Confesso, nunca o vi tão feliz. Entrava embaixo dos carros, rolava na grama, se jogava em frente à mangueira. Dava voltas e voltas correndo desesperado. Ficou imundo, coitado. E tomou banho de mangueira. O primeiro banho de que ele não reclamou. Nenhum latido. Nada. Zero. Ficou faceiro com a água que o refrescava debaixo daquele sol quente. E acredito que, se falasse, teria pedido bis.

6 comentários:

  1. Olha...acho que não só ele,todo mundo pediria bis!!!hauhahauhauhauh

    ResponderExcluir
  2. Pingo lindo, de menininha de apartamento.
    :)
    Menininha linda de mamãe!
    Tô saudade!
    Bju!

    ResponderExcluir
  3. Gente, eu fico olhando pra essa foto e babando... meu bebê é liiiiiiindo, né! hehehe

    ResponderExcluir
  4. Paula! Eu, aos 24 e bicho do mato, não lembro de ter corrido atrás de pato (ok, corri de ganso e atrás de galinha da Angola, rsrs).

    Acho que o Pingo merece uma ida para a Divisa!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, Graci, fiquei até com medo! O Pingo, na Divisa, eu nunca mais achava!
    hahahaha

    ResponderExcluir